Sábado, 28 de Maio de 2022
°

-

Polícia Polícia

Pais fizeram 'cabo de guerra' e deram 'casco de jabuti' para bebê de 8 meses que morreu em Centro do Guilherme

Informações são da Polícia Civil, que ainda investiga a causa da morte da criança. Pais estão presos.

13/04/2022 às 08h15
Por: Redação Fonte: Redação
Compartilhe:
Pais fizeram 'cabo de guerra' e deram 'casco de jabuti' para bebê de 8 meses que morreu em Centro do Guilherme

A Polícia Civil informou que segue investigando a real causa da morte de um bebê de oito meses de vida na madrugada do dia 4 de abril, no bairro Jacaré, na zona urbana de Centro do Guilherme, a 283 km de São Luís.

A principal suspeita é de a morte que tenha sido causada por negligência dos pais, Sebastião Gomes, de 23 anos; e Edivânia dos Santos, de 22, que já estão presos.

O delegado de Centro do Guilherme, Tiago Miranda, informou que uma das hipóteses é da morte ter sido em decorrência de lesões causadas por uma briga envolvendo os pais, no qual eles fizeram um 'cabo de guerra' com o corpo do bebê.

"O pai alegou que queria colocar a criança para a dormir e tentou tirar ele do colo da mãe. Ele puxou pelo quadril, e ela pela cabeça. No dia seguinte, a criança acordou com bastante febre", disse Tiago.

Ainda segundo as investigações, os pais levaram a criança para um posto de saúde no município, onde foi medicada. No local, o casal foi informado de que a criança deveria ser levada para um hospital maior, em Governador Nunes Freire, mas os pais se recusaram.

"Eles preferiram levar a criança para um curandeiro. Teve um primeiro e depois levaram para um segundo benzedeiro. Ele passou um remédio místico lá, que é leite materno, casco de jabuti raspado e pelo de jabuti queimado. Aí fizeram essa mistura lá e deram pra criança. A criança ficou mal o dia todo e à noite, às 20h, ela faleceu", completou o delegado.

Após a morte da criança, o corpo foi levado para Governador Nunes Freire, onde foi realizado o exame necroscópico; e depois para o Instituto Médico Legal (IML), em São Luís. A Polícia Civil ainda aguarda o resultado para saber o que exatamente causou a morte do bebê.

Os pais foram presos em flagrante por suspeita de homicídio. Sebastião foi encaminhado para um presídio em Governador Nunes Freire. No dia da briga com Edivânia, o delegado informou que ele estava alcoolizado e já tem histórico de violência doméstica.

Já a mãe, Edivânia, foi encaminhada para uma ala feminina da Penitenciária de Pedrinhas, em São Luís, segundo o delegado. Ambos estavam presos temporariamente, mas, nesta segunda (11), a Justiça converteu em preventiva a prisão do casal.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
- Atualizado às 21h00 - Fonte: ClimaTempo
°

Mín. ° Máx. °

Dom °C °C
Seg °C °C
Ter °C °C
Qua °C °C
Qui °C °C
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias